Arquivo da tag: marketing 3.0

Kony 2012 e as Tendências do Marketing

Mais um semestre teve fim na faculdade, e com isso, finalmente ganho tempo para atualizar o Culturópole. O primeiro post deste período será justamente um trabalho acadêmico que fiz e do qual gosto bastante. O professor de Seminários Avançados de Marketing havia pedido para relacionarmos o estudo IBM CMO Studies 2011  – uma espécie de pesquisa de problemas e tendências com diretores de marketing do mundo todo – e o livro Marketing 3.0, de Philip Kotler a qualquer tema relacionado à marketing.
Minha escolha de objeto de estudo então recaiu-se sobre o filme viral Kony 2012, que é dissecado abaixo:
  1. .    Introdução – O que é Kony 2012

 

Pôster do filme lançado em março de 2012

Para iniciar-se este artigo, é necessário antes de mais nada um detalhamento de seu objeto de estudo: o filme Kony 2012, vídeo lançado através do Youtube no dia 5 de março de 2012.

Kony (http://migre.me/8GIdQ) é uma produção audiovisual da ONG americana Invisible Children que tem como objetivo tornar conhecido mundialmente Joseph Kony, o líder do Lords Resistance Army (LRA) – grupo de guerrilha da Uganda, país da África Central.

O vídeo, de quase 30 minutos, acusa Joseph Kony de ser o responsável pelo sequestro de mais de 60 mil crianças africanas nos últimos 25 anos. Meninos se tornam soldados da guerrilha e meninas são convertidas em escravas sexuais. A punição para quem não aceitar essas condições é a morte.

O filme se foca principalmente na história de um suposto menino-soldado para convocar o público a agir com o objetivo de encontrar Kony ainda neste ano.

Gráfico mostra claramente a explosão de buscas no Google pelo termo “Kony” logo após a publicação do vídeo no Youtube

A produção se encerra com um call-to-action da ONG, que comercializou kits (todos já esgotados) com pôsteres, braceletes e outros itens estilizados da campanha, em um trabalho de design digno de nota.

Considerado o vídeo com maior viralização (poder de disseminação entre os usuários da web) da história da Internet de acordo com o Visible Measures, Kony chegou a 100 milhões de execuções apenas 6 dias após sua publicação e como todo trabalho de tal porte, gerou uma enorme repercussão em todo o mundo.

Gráfico mostra que Kony 2012 foi o vídeo mais rápido da história da Internet a alcançar os 100 milhões de visualizações

O filme é acusado, entre outras coisas, de ter manipulado estatísticas sobre os meninos-soldados, a real condição social em Uganda e de defender supostos interesses dos Estados Unidos no país africano. A ONG Invisible Children também sofre com denúncias de ter gasto apenas 32% de seu orçamento com serviços diretos, enquanto o restante dos fundos pode ter tido outro destino.

Entretanto, neste trabalho, esse juízo de valor sobre o filme será deixado de lado para se colocar em foco a análise de sua eficácia como peça de comunicação e brilhantismo no poder de viralização online, levando em conta os novos preceitos do Marketing. 

2. O Cenário Atual das Mídias Sociais e o Ativismo Digital
Continue lendo

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: